top of page
  • Foto do escritorSilvana Lance Anaya

EVITAR O QUE TE FAZ MAL É AMOR-PRÓPRIO



É importante reconhecer quando algo ou alguém está prejudicando sua saúde física ou mental e tomar medidas para se proteger. Evitar o que faz mal em algumas situações pode até parecer egoísmo, mas é também um ato de amor-próprio e autocuidado. Isso não significa que você não se importa com os outros, mas sim que reconhece a importância de cuidar de si mesmo, respeitar suas emoções, para poder estar em melhor condição de ajudar e apoiar os outros quando for necessário. Cuidar de si mesmo permite que você seja uma pessoa mais saudável e capaz de oferecer apoio aos outros de maneira mais eficaz quando eles precisam. Claro que em algumas situações, devido a diversos motivos, pode ser difícil ou até impossível se afastar completamente daquilo que faz mal, como obrigações familiares, profissionais, financeiras, ou outras circunstâncias pessoais. Nessas situações, é importante estabelecer limites e adotar estratégias de enfrentamento que permitam minimizar os danos e proteger seu bem-estar da melhor forma possível.


Considere procurar ajuda profissional para aumentar seu autoconhecimento e desenvolver estratégias de enfrentamento. A terapia pode auxiliá-lo a discernir e a se proteger melhor de situações que afetem sua saúde física e mental assim como identificar e interromper repetições de situações que podem estar ocorrendo de forma inconsciente. O crescimento pessoal envolve aprender com os erros e desafios que enfrentamos ao longo da vida, por isso é sempre importante a conscientização para não alimentar ciclos negativos.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


psicanalise-tocha base.png
bottom of page