top of page
  • Foto do escritorSilvana Lance Anaya

A ESSÊNCIA NO AVESSO


A ESSÊNCIA NO AVESSO

"E quando você menos espera a vida te vira do avesso e você descobre que o avesso é o seu lado certo.”  (Caio Fernando Abreu)


Essa frase expressa uma reflexão importante sobre a imprevisibilidade da vida e a autodescoberta, pois inúmeras vezes somos forçados a sair da nossa zona de conforto e enfrentar mudanças, desafios e situações inesperadas que nos fazem questionar nossas crenças, valores e prioridades. Ao encarar nossas entranhas, ou seja, nossos sentimentos, pensamentos e aspectos mais profundos da personalidade, podemos descobrir partes de nós mesmos que talvez tenhamos ignorado, reprimido ou subestimado.


Experiências profundas podem revelar de forma surpreendente aquele lado que corresponde à nossa essência, um avesso que merece ser acolhido e lapidado, pois contém nosso eu tão subjetivo, muitas vezes atrofiado pelo conformismo, medo de julgamento, traumas passados, entre outros. Esse avesso, frequentemente negligenciado com todas as suas percepções e aprendizagens, é justamente o lado que pode vir à tona e nos salvar diante das mais diversas circunstâncias. Ele nos conduz a um processo de conscientização e libertação, permitindo-nos descartar ferramentas inúteis e enfrentar situações com nossos próprios recursos internos.

Este avesso pode revelar aspectos positivos e negativos de nossa personalidade, comportamento e emoções, que devem ser identificados e administrados, pois favorecem o crescimento e a transformação pessoal. A psicoterapia pode auxiliar na exploração dos aspectos inconscientes da mente, com o intuito de compreender melhor emoções e comportamentos, e ajudar no processo de integração e compreensão do nosso 'avesso'.


Não faz sentido repelir nossa singularidade como um avesso a ser sepultado. Quando aceitamos e incorporamos todos os aspectos de nós mesmos, podemos viver de maneira mais plena e autêntica, alinhados com nossos verdadeiros desejos e valores. Isso revela que a felicidade pode ser simples, nos libertando de uma busca incansável e vazia, pois escolhas que refletem nossa essência tendem a provocar uma maior sensação de satisfação e preenchimento.


Não se trata da “mágica do virar do avesso” como uma repentina descoberta ou uma espécie de rebeldia. Esse momento acontece dentro de um processo onde várias situações nos dão a oportunidade de olhar para dentro, oferecendo-nos também a chance de observar, questionar e assimilar. Isso possibilita o reconhecimento de conhecimentos adquiridos ao longo de nossas vivências, além de habilidades ou deficiências, nos fazendo constatar que possuímos a capacidade para lidar com a vida, entre seus altos e baixos, sendo quem realmente somos. Esse processo nos proporciona a oportunidade de desenvolver “asas” e, assim como a borboleta, emergir do casulo das limitações. É justamente neste processo que temos a oportunidade de voar rumo à autenticidade, numa jornada de autoconhecimento, amor-próprio, transformação e autonomia, permitindo-nos evoluir e aprender.


AUTORIA: Silvana Lance Anaya - Psicanalista, Psicoterapeuta Psicodramatista

Pós-Graduada em Teoria Psicanalítica, Pós-Graduada em Psicologia, Nutrição e Transtornos Alimentares, MBA em Coaching, Pós-Graduada em Neuropsicanálise, Bacharel em Administração de Empresas, Jornalista, escritora

1 visualização0 comentário

Comments


psicanalise-tocha base.png
bottom of page